Eu voltei

Faaaaaaalaaaaa, meus intrépidos leitores.

Para vocês que estavam com saudades das Sextas com Batatinha.... seus problemas acabaram, eu voltei e como diz o Roberto Carlos: Agora é para ficar, porque aqui, aqui é meu lugar.

Para quem já sabia vou confirmar, para quem não sabia eis ai a informação: curti um período “sabático” nestes dois meses... é que estou me adaptando ao novo local e um novo Trabalho. Aceitei um desafio diferente ... e bota diferente nisto.... agora sou capelão escolar e atendo uma congregação na Cidade de Guaíba RS (perto de Porto Alegre).

A congregação é a Cristo para Todos e o colégio é o Martinho Lutero.

E falando em Martinho Lutero... 500 anos da Reforma tem tudo a ver.... cá entre nós não vejo a hora de terminar este ano.... já está saturando falar de 500 anos da Reforma.

Então serei diferente.... neste mês de outubro falarei sobre outra coisa, quem sabe Oktoberfest.... opa.... brincadeira... não há como evitar ou escapar.

Então vamos lá... vocês já sabem que 2017 marca exatamente esta comemoração e como nós temos memória curta... ano que vem não falaremos mais nada sobre isto, mudaremos o foco... passaram-se os 500, chegaram os 501 e o assunto morre.

Então: Vamos pensar nos outros 500. Agora somos nós os protagonistas da Reforma.

Mas alguém pode dizer a Reforma já foi feita... sim... mas parece que precisamos revivê-la.... relembrar porque foi feita, levantar a bandeira e dizer... nós somos herdeiros da Reforma.

Herdar algo não é somente um privilégio, é antes de tudo uma responsabilidade. Assim somos herdeiros da Reforma não apenas em 2017 e sim em todos os dias antes e depois.

Somos Pessoas amadas pelo pai e em Cristo Jesus ele nos deu a possibilidade de conhecermos cada vez mais a sua vontade.

Qual é o maior desejo de Deus?

Leia em 1 Timóteo 2.4 e saberá.

Abraços e Até sexta que Vem
Eli “Batatinha” Müller

Gostou? Compartilhe

Talvez você goste também

Fale com a gente

Olá! Envie sua mensagem. Ficaremos felizes em conversar com você.