Unidos no Brasil - Relatos

Dia 27/12

Os participantes tiveram a experiência de participar de um dos eventos missionários e culturais da Congregação Cristo Redentor, em Copacabana, o Sarau do Juarez, na qual conta com a participação de membros da congregação, músicos convidados e a vizinhança ao redor da Igreja para um momento de integração, comunhão e músicas no estilo popular brasileiro. Após o Sarau, os integrantes tiveram uma roda de conversa para se conhecerem e o pastor capelão, Tardelli Voss, passou as instruções iniciais de como funcionaria todo o trabalho missionário na cidade.

Dias 28, 29 e 30/12

O principal desafio dos jovens durante esses três dias foi construir um puxado de madeira ao lado da casa de um dos membros, da Congregação Cristo Rei, em Itaguaí, sob a coordenação do pastor capelão, Gilberto Krick, para a realização de culto e atividades no bairro Teixeira. Os participantes também tiveram a troca de experiência com a união juvenil da congregação e compartilharam como funciona o trabalho congregacional e de grupo de jovens em sua cidade e distrito. Após momentos de muito trabalho, aprendizado e bênçãos Deus, os integrantes finalizaram a primeira parte do projeto com o momento de culto e reflexão na palavra de Deus juntamente com os membros da congregação local.

Dia 31/12

O grupo se reuniu na Congregação Cristo Redentor, em Copacabana, para uma manhã de estudos sobre a “Missão Zero” conduzido pelo pastor capelão, Tardelli Voss. A reflexão da manhã foi sobre “Dar um reset em nossa missiologia”, ou seja, devemos desaprender e reaprender para atingirmos o nosso campo missionário do momento, fazendo uma adaptação e integração a um contexto ou cultura diferente, mas sempre respeitando o outro e sem esquecer o compromisso com o nosso Salvador Jesus.

Relato Patrícia Stellen: “Compreendemos o verdadeiro significado da palavra vocação, que é o que Deus me deu para fazer agora. E também aprendemos que se deve amar todo mundo, mas se mexer com quem está se mexendo. Devemos pegar uma carona no que Deus já está fazendo, e seguir a missão Dele que é: menos sugestão, mais comissionamento; menos clero, mais batizados; menos denominação, mais reino; menos eventos, mais relacionamentos; menos desconhecidos, mais oikos (casa, meus conhecidos); menos panfletagem, mais presença”.

À tarde, os jovens foram orientados para um momento de intervenção urbana na Praia de Copacabana realizando um momento de louvor e adoração a Deus no calçadão a todos os moradores e visitantes da cidade.

À noite, os participantes juntamente com membros e convidados do DRJ realizaram a devoção das vésperas conduzida pelo teólogo, Neander Freitag, em Copacabana.

Dia 02/01

O dia foi destinado à missão na Casa Cruzeiro, no Morro da Providência, situado entre os bairros do Centro, Santo Cristo e da Gamboa, nas regiões Central e Zona Portuária do Rio de Janeiro, onde destaca-se por ser a favela mais antiga do Brasil. Os jovens tiveram uma troca de experiência com as crianças e os responsáveis da casa onde mostraram um pouco toda a realizada, dificuldade e atividades que fornecem para as crianças dentro da Casa Cruzeiro. Neste dia, todos saíram ainda mais de sua zona de conforto, onde tiveram a oportunidade de conviver, aprender, conhecer realidades diversas e brincar com todas as crianças que lá estavam.

À noite, os jovens tiveram uma roda de conversa de tudo o que viveram na Casa Cruzeiro e o encerramento do estudo Missão Zero com o pastor capelão, Tardelli Voss.

Relato do Guilherme Oliveira: "Desde o começo da viagem, eu estava esperando para esse momento. Subir o morro! Fomos rumo a Casa Cruzeiro. Quando chegamos e vi aquelas crianças sentadas no sofá, eu me apaixonei. Foi amor a primeira vista! Passamos um dia inteiro com muitas brincadeiras, abraços, Hotdog e uma conexão que nunca havia sentido em nenhum outro lugar. Foi o melhor e mais impactante dia da minha vida."


Dias 03 e 04/01

Em Campo Grande os jovens tiveram a oportunidade de participar de duas atividades na qual interagiram com os moradores do bairro. A primeira delas foi a escola bíblica de férias, na qual teve a contação de história bíblica conduzida pelo pastor capelão, Erisson Ferreira, brincadeiras, onde os integrantes ajudaram a organizar e por fim um lanche coletivo com as crianças. A segunda atividade foi a realização de um bazar social promovido pela Congregação Cristo para Todos. Nesse bazar, o foco não era apenas vender as roupas, mas sim estabelecer uma relação com as pessoas que ali estavam e dessa forma poder praticar a escuta ativa, tema abordado pelo pastor Erisson e o estagiário Moacyr na noite anterior.

Relato do Victor Hugo: “Durante esses dois dias nosso trabalho não foi desgastante fisicamente como em Itaguaí, onde ajudamos na obra, mas mexeu muito com nosso lado emocional. Ouvimos histórias de crianças, jovens e adultos, que muitas vezes nos emocionaram. Foi uma experiência na qual pudemos compartilhar e receber do amor e carinho que Deus tem por todos nós”.

Dia 05/01

No ponto de missão da Congregação Paz, em Macaé, os jovens tiveram uma tarde de palestra conduzida pelo pastor capelão, Rômulo Santos. Logo após os jovens finalizaram a semana interagindo com a união juvenil do ponto de missão em um lual com músicas cristãs na Praia dos Cavaleiros.

Dia 06/01

O grupo encerrou suas atividades com o culto de encerramento na Congregação Paz, no bairro Tijuca, sob a condução do pastor conselheiro do Distrito do Rio de Janeiro, Jonas Flor.

Gostou? Compartilhe

Talvez você goste também

Fale com a gente

Olá! Envie sua mensagem. Ficaremos felizes em conversar com você.